Sintomas Mais Comuns Da TPM

Conheça mais sobre o Sintomas Da Tpm.

Artigo publicado por Maria nas categorias: Bem-Estar, Mulher

A TPM é um problema que afeta a grande maioria das mulheres modernas e pode ter até duzentos sintomas, seu quadro completo variando muito de mulher para mulher. A TPM é causada pelos altos e baixos hormonais que ocorrem durante o ciclo menstrual e seus sintomas são decorrentes da sensibilidade que a mulher tem a eles, por isso ela parece tão diferente dependendo da pessoa.

Progesterona

A TPM aparece na segunda metade do ciclo menstrual, no seu final, ou seja, antes do primeiro dia de menstruação. A maior causadora da TPM é a progesterona, que é mais influente nessa parte do ciclo, preparando o corpo da mulher para o potencial embrião e a gravidez que se segue. A alta taxa de progesterona inibe a produção de serotonina, o neurotransmissor responsável pela sensação de bem estar. A progesterona também interfere na aldosterona, um hormônio que causa a retenção líquida e das prostaglandinas.

Sintomas Psicológicos

A falta de serotonina traz a irritabilidade, a depressão e a ansiedade, e com esses sintomas vêm os choros sem motivo, a tristeza, os ataques de nervo, o stress, a compulsão alimentar e até mesmo dores, já que a falta de serotonina nos deixa mais sensíveis à dor. Como os efeitos da irritabilidade, ansiedade e depressão são diferentes de indivíduo para indivíduo, a TPM tem muitos possíveis quadros psicológicos.

Sintomas da TPM

Caso esses sintomas psicológicos sejam muito graves, pode-se receitar antidepressivos para que as mulheres aguentem a TPM, mas muitos médicos hoje em dia estão receitando pílula anticoncepcional para suavizar a TPM, já que ela controla um pouco mais os altos e baixos do corpo, e não dá tempo pra progesterona agir. Muitos médicos recomendam mulheres com TPM grave a não mais mestruarem.

Sintomas Físicos

A influência da progesterona na produção da aldosterona faz com que o corpo retenha muito líquidos, por isso muitas mulheres sofrem de dor de cabeça (porque ela “incha”) e inchaços nas pernas e nas costas. Já o excesso de prostaglandina, causado pela ação da progesterona, causa inflamações no corpo, e por isso somos acometidas por dores em várias partes do corpo, dores musculares e mamas doloridas.

Para quem tem esses problemas, os médicos costumam recomendar anti-inflamatórios alguns dias antes da menstruação, lembrando que a mulher deve observar de perto seu ciclo menstrual para não sofrer com a TPM. Tomar os anti-inflamatórios durante a TPM também ajuda, mas antes suaviza ainda mais os sintomas. Médicos também recomendam drenagens linfáticas para aquelas que sofrem muito com a retenção de líquidos. Mas, o principal tratamento para TPM ainda é a normalização hormonais para quem tem altos e baixos muito grandes durante o ciclo, e para quem fica muito debilitada por esses sintomas físicos, a parada total da menstruação.

Lembrando-se que esses são os sintomas mais comuns, e que muitas mulheres têm outros sintomas que são relacionados à baixa de serotonina, à retenção de líquido e a inflamação, mas que não foram citados aqui. Caso você se sinta muito mal durante a TPM, mesmo sem esses sintomas, fale com seu ginecologista.



Comente!




*Campos obrigatórios