Insuficiência Renal Felina

A insuficiência renal felina é um problema que costuma acontecer numa determinada faixa etária, saiba como preveni-la com cuidados simples

Artigo publicado por Maria nas categorias: Animais, Variedades

O que é a Insuficiência Renal em Gatos?

A insuficiência renal felina poderá afetar gatos de qualquer raça, sexo e idade. Apesar disto, existe uma faixa etária de maior incidência desta doença em gatos que poderá ser de 4 anos, fase em que os sintomas são mais visíveis. Em casos do gato apresentar esta enfermidade, o mais importante é um diagnóstico precoce e rapidez no tratamento para evitar problemas maiores. É preciso lembrar que não existem agentes de transmissão da doença.

Como é Transmitida? (ou Como Acontece?)

A doença acontece por causa de um processo normal de envelhecimento do felino, podendo ser caracterizada também como insuficiência renal aguda. O tratamento da insuficiência renal em gatos é feito através da ingestão de antibióticos próprios para animais.

Insuficiência renal felina

Sintomas

Os sintomas mais comuns da insuficiência renal crônica são o chamado polidpsia, que é o aumento considerável do consumo de água  ou micções bastante frequentes. É preciso ter alguns cuidados pois existem casos em que o animal costuma desenvolver episódios de anorexia, perda de peso, mau hálito e cansaço frequente.

Tratamento

A melhor forma de tratar a insuficiência renal de gatos é com cuidados profilaxiais, que neste caso, são dados pela ingestão de medicamentos antibióticos que podem amenizar consideravelmente os sintomas da insuficiência renal felina, além de realizar a prevenção da insuficiência renal em gatos.

Prevenção

A prevenção da insuficiência renal é feita tornando alimentação do seu gato mais saudável e balanceada, evitando disponibilizar alimentos comuns de seres humanos e também complexos de açúcares.

Este tipo de problema possui cura porém depende da prevenção da insuficiência renal em gatos, ela costuma ser diagnosticada através de um hemograma, que poderá determinar um prognóstico mais preciso quanto a este tipo de problema.

Os animais de estimação devem ser cuidados corretamente, sabendo como evitar o problema,  seu gato certamente poderá viver muitos anos depois de diagnosticada a doença. Por este motivo, evite dar alimentos com açúcares ou muito salgados para seus animais de estimação.



Comente!




*Campos obrigatórios