Falta de Desejo Sexual Feminino: Causas

Saiba tudo sobre a Falta De Desejo Sexual Feminino.

Artigo publicado por Maria nas categorias: Mulher

Um problema mais comum do que se imagina, a falta de desejo sexual feminino causa um efeito dominó de problemas conjugais e depressão. Infelizmente, essas mulheres não procuram ajuda, escolhendo manter uma postura de fuga do contato do parceiro, ou passar pelo ato sexual sem vontade, fingindo orgasmo e interesse para não chatear o parceiro. Nenhuma dessas atitudes ajudam a mulher a ter uma vida afetiva mais satisfatória.

libido

A falta de libido em mulheres pode ser causada por vários fatores, confira.

Desequilíbrios Hormonais

Desequilíbrios hormonais são, infelizmente, bem comuns em mulheres e muitos tipos de desiquilíbrio hormonal pode diminuir a libido. O aumento da prolactina, a baixa da testosterona ou do estrogênio podem causar todos esses problemas.

Para averiguar se essa é a causa da sua falta de desejo sexual, converse com seu ginecologista e peça um teste da taxa de hormônios, caso ele encontre um desses três desequilíbrios (ou os três) ele pode lhe dar remédios que irão normalizar suas taxas hormonais e seu desejo.

Depressão

Essa é uma das causas mais comuns de perda de desejo sexual tanto em mulheres quanto em homens. A autoestima é um elemento crucial do desejo sexual e a depressão costuma acabar com ela. Além disso, a falta de serotonina no cérebro traz um sentimento constante de cansaço, tristeza, desânimo e desinteresse, e faz ser mais difícil atingir o orgasmo.

desejo sexual

Infelizmente, muitas pessoas que estão se tratando com remédios antidepressivos continuam sem libido, porque muitos deles têm esse efeito colateral; então, muitas vezes também a pessoa está deprimida mas ainda com desejo sexual e é o remédio que atrapalha.

Por isso, o tratamento para depressão deve ser feito com acompanhamento psiquiátrico para que ele possa achar um remédio adequado a você e que não provoque baixa libido.

Fatores Psicossociais

Infelizmente, esse é um outro campeão contra a libido, e sua cura é passar por terapia psicológica.

A cultura e forma de criação em que as mulheres vivem nos países ocidentais contém muita repressão à sexualidade feminina e a vê com muita negatividade. Mulheres não são estimuladas a se agradarem sexualmente, a conhecer sua vagina e suas zonas erógenas. Com a liberação da década de 60, a repressão diminuiu muito, mas ainda há uma duplicidade na criação de meninas em que elas não podem ser “puritanas”, mas também se têm uma vida sexual ativa são “vadias” e não são mulheres para se ter um relacionamento sério. Ao mesmo tempo, a sexualidade é colocada como algo maravilhoso por todas as mídias. É um mundo muito confuso para a mulher.

Também é comum o conflito entre o papel de mãe e a vida sexual, fazendo com que muitas mulheres se desinteressem da vida sexual após terem filhos. Outro grande problema também é o quanto o abuso sexual de meninas e mulheres mais velhas é mais comum do que pensamos e como muitas vezes as mulheres nem sabem que foram abusadas ou tiveram sua sexualidade e intimidade invadida. Isso faz com que ela, consciente ou inconscientemente, veja a atividade sexual como algo agressivo e humilhante, mesmo que seja com consentimento e com uma pessoa que goste.



Comente!




*Campos obrigatórios